SP: policiais da Rota começam a ser julgados por abordagem violenta | Primeiro Impacto (22/07/21)

Acusados de agredir um ajudante geral em Carapicuíba (SP), policiais militares paulistas da Rota serão julgados. O caso aconteceu no início de janeiro quando Carlos Martins dos Santos foi espancado pelos agentes, na frente da filha de 2 anos e…
COMPARTILHE NAS REDES SOCIAIS

Acusados de agredir um ajudante geral em Carapicuíba (SP), policiais militares paulistas da Rota serão julgados. O caso aconteceu no início de janeiro quando Carlos Martins dos Santos foi espancado pelos agentes, na frente da filha de 2 anos e a sobrinha de 3. 

A Justiça Militar deu início ao julgamento na quarta-feira (21), seis meses depois. Uma testemunha flagrou a agressão que Martins sofreu por pelo menos três agentes. O homem foi abordado na frente de casa e estava passeando com as crianças.

De acordo com o ajudante geral, os policiais, sem dar explicações, começaram a desferir socos e pontapés, sendo imobilizado. Ainda segundo o agredido, ele foi levado de camburão e teria sofrido mais agressões e ameaças por mais 3 horas.

Um boletim de ocorrência foi registrado e a Corregedoria da PM iniciou investigações pela violência policial e por abuso de autoridade. Os agentes afirmaram que o homem resistiu à abordagem. 

Martins tem passagens por roubo e homicídio, mas já cumpriu pena e está solto há dois anos. Hoje, trabalha na Prefeitura de Osasco, realizando serviços gerais. Não havia suspeita ou crime imputados ao agredido.

Todas as notícias em www.sbtnews.com.br – a sua fonte segura de informação


COMPARTILHE NAS REDES SOCIAIS

EADélia VARIOS Cursos Online

Enriqueça seu currículo com certificados reconhecidos pelo MEC, estudando apenas 15 minutos por dia pelo celular ou computador.

Novos cursos todos os meses sem custo adicional